Milho: oferta aumenta e B3 apresenta alta

A B3 apresenta leve alta nesta sexta-feira em relação ao milho, enquanto as traders olham para o avanço de colheita, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “As ofertas no mercado físico vêm aumentando dia após dia e, conforme já comentamos aqui esta semana, muitos dos estados se aproximam de 100% da colheita, com uma média de venda entre 65 e 75%, o que demonstra que grande parte da disponibilidade são de volumes já contratados pelas indústrias, restando pouco milho livre para comercialização”, comenta. 

“Os olhares de traders estão fixados nesta parte da disponibilidade do milho e já passam a olhar para o milho safra verão, onde indicações no mercado físico para o início do ano são menores, entre R$ 89,00 a R$ 91,00. Nos fechamentos desta sexta-feira, viram-se os seguintes preços: novembro/21 a R$ 93,20 (+0,16%); janeiro/22 a R$ 94,60 (+0,45%); março/22 a R$ 94,36 (+0,36%); maio/22 a R$ 89,53 (-0,18%). Na comparação semanal, os contratos do cereal acumularam ganhos de 1,68% para o setembro/21, de 0,75% para o novembro/21, de 1,07% para o janeiro/22, de 0,17% para o março/22 e de 0,13% para o maio/22”, completa a consultoria. 

Em Chicago, o milho fechou em queda, pressionado pelo início da colheita norte-americana e menores embarques. “O contrato de milho para dezembro21 fechou em queda de 0,38% ou-2,0cents/bushel a $ 527,50; o contrato de julho22, importante para as exportações brasileiras, fechou em queda de 0,60% ou -3,25 cents/bushel a $ 536,50”, indica. 

“Mercado pressionado pelo avanço da colheita nos EUA. De qualquer forma, permanecem dúvidas quanto ao volume final que será efetivamente alcançado. O petróleo firme fornecia suporte e limitava as quedas. O relatório semanal de transporte de grãos da CORN - USDA observou que o milho transportado por barcaça para o porto de Nova Orleans durante a semana de 11 de setembro foi de apenas 28k T, contra 275 mil toneladas na mesma semana em 2020”, conclui. 

Por:  -Leonardo Gottems
 

Leia Também

Brasil pretende colher quase 40% mais milho

Brasil pretende colher quase 40% mais milho

Brasil pretende colher quase 40% mais milho

Leia Mais
15 Out
‘Falta de insumos pode pressionar ainda mais custo de produção para safra 2022/23’

‘Falta de insumos pode pressionar ainda mais custo de produção para safra 2022/23’

‘Falta de insumos pode pressionar ainda mais custo de produção para safra 2022/23’

Leia Mais
08 Out
Cientistas brasileiros desenvolvem tecnologia de energia eólica mais barata e eficiente

Cientistas brasileiros desenvolvem tecnologia de energia eólica mais barata e eficiente

Cientistas brasileiros desenvolvem tecnologia de energia eólica mais barata e eficiente

Leia Mais
06 Out
Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites